Porosidades do Espaço Temporalizado

pet_instagram

O projeto Porosidades do Espaço Temporalizado é uma performance de longa duração que propõe possibilidades tempo-espaciais que questionem o entendimento do tempo cronológico e espaço objetivo ao qual a sociedade ocidental está organizada. Como usar o corpo para temporalizar o espaço ou espacializar o tempo? Possíveis respostas surgem da base da ação: a repetição do gesto. De maneira obstinada ao sucesso fracassável de tal ação, sujeitarei meu corpo a exaustão de repetições, ao passo que darei chance ao erro e seu potencial contínuo de mutação. Considerarei tudo o que me circunscreve material a ser trabalhado, sejam gestos do próprio público, sejam estímulos vindos da arquitetura. Assim, proponho entender o meu corpo como uma entidade porosa que tanto acumula quanto e se deixa permear experiências e estímulos espaço-temporais. De maneira sutil a performance sofrerá mutações percebidas de maneira distintas de acordo com a relação presencial de cada um criará com a performer.
.
The project Porosities of a Temporalized Space is a durational performance that plays with time-space possibilities in order to question the way we perceive the chronological time. How can one use the body to temporalize the space or spacialize the time? Possible answers will come with my proposed action: the repetition of gestures. In a defiant way towards the success of such failure driven action, I will subject my body to the gesture repetition exhaustion, and with it I will be open to accidents and their continuous potential to change the gesture. I will consider everything around me as stimuli, be it the city sounds, the architecture or objects in the surround space. I will consider my body a porous entity, which both accumulates and let go experiences and time-space stimuli. In a subtle way the performance will go through changes that will be perceived according to the relation which audience members will create during the time spent in the performance.

Advertisements